.

Banco de Editais LEGENDAS

.

ENCERRADOABERTOELABORADOR

.

Deadline de InscriçõesNome do EditalOrganização / orgão realizadorabrangênciaDescriçãoLink de acessoeditalProjeto Mapeado

.

15/01/2015Premio Mulheres Tech Em SampaNúcleo Objetivo de Desenvolvimento do MilênioEmpreendedorismo, Negócios, MulheresO Prêmio Mulheres TECH em SAMPA apoia financeiramente, por meio de subsídio, atividades que estimulem o empreendedorismo digital entre as mulheres, a atuação de mulheres na área de tecnologia e o compartilhamento de experiências entre mulheres empreendedoras em negócios de base tecnológica, com o objetivo de aumentar a participação feminina no ecossistema de startups da cidade de São Paulo.

As cinco melhores iniciativas serão selecionadas e premiadas com R$ 10.000,00 cada, para viabilizar a execução do projeto ao longo de 2015, na cidade de São Paulo.
http://redemulherempreendedora.com.br/noticias/geral/faq---tire-sua-duvida-sobre-o-premio-mulheres-tech-em-sampahttp://redemulherempreendedora.com.br/noticias/geral/faq---tire-sua-duvida-sobre-o-premio-mulheres-tech-em-sampa

.

19/01/2015Funarte abre seleções para ocupação de seus espaços cênicos em 2015
FunartenacionalA Fundação Nacional de Artes – Funarte abriu inscrições para a ocupação de seus espaços direcionados às áreas de circo, dança e teatro.
Na quinta-feira, 4 de dezembro, foram publicados nove editais, destinados à seleção de projetos que ocuparão os teatros Dulcina, Cacilda Becker, Duse e Glauce Rocha, no Rio de Janeiro; as salas Carlos Miranda e Renée Gumiel e o Teatro de Arena Eugênio Kusnet, em São Paulo; o Galpão 3 da Funarte MG; e o Teatro Plínio Marcos, em Brasília. As inscrições estão abertas até o dia 19 de janeiro de 2015.
Os editais estão abertos a companhias, grupos e pessoas jurídicas de todo o território nacional.
O investimento total na ocupação das salas da Funarte é de R$ 5,084 milhões, sendo R$ 90 mil para despesas administrativas. Do total empregado no programa, R$ 180 mil serão investidos em projetos na Sala Nordeste, em Recife (PE), cujo procedimento de ocupação será realizado no ano que vem.
A portaria que institui os editais de ocupação dos espaços cênicos da Funarte em 2015 foi publicada no Diário Oficial da União do dia 4 de dezembro de 2014.
http://www.funarte.gov.br/circo/funarte-abre-selecoes-para-ocupacao-de-seus-espacos-cenicos-em-2015/

.

30/01/2015Edital Curta Afirmativo 2014: Protagonismo de Cineastas Afro-Brasileiros na Produção Audiovisual NacionalMinistério da Cultura, represntado pela Secretaria do Audiovisual - SAvNacionalO Ministério da Cultura - Minc, representado pela Secretaria do Audiovisual - SAv torna público o Edital Curta Afirmativo 2014: Protagonismo de Cineastas Afro-Brasileiros na Produção Audiovisual Nacional, que tem como objeto o apoio à produção de obras audiovisuais brasileiras inéditas e originais, dirigidas ou produzidas por negros, pessoas físicas, podendo ser ficção ou documentário, com a possibilidade de utilização de técnicas de animação, sendo: 21 obras audiovisuais de curta-metragem, de 13 minutos, com temática livre; 13 obras audiovisuais de média-metragem, de 26 minutos, com temática que aborde as culturas de matriz africana. As obras audiovisuais deverão ser inscritas por pessoas físicas autodeclaradas negras (pretos e pardos), brasileiros natos ou naturalizados, que se apresentem obrigatoriamente como diretor ou produtor, sendo facultativo o acúmulo de funções. O valor para as obras de curta-metragem é de R$ 80.000,00, o valor da contrapartida é de R$ 20.000,00 e o valor total até a primeira cópia é de R$ 100.000,00. O valor para as obras de média-metragem é de R$ 100.000,00, o valor da contrapartida é de R$ 25.000,00 e o valor total até a primeira cópia é de R$ 125.000,00. O período de inscrição é de 17 de novembro de 2014 até o dia 30 de janeiro de 2015, às 18 horas (horário de Brasília)http://www.cultura.gov.br/inscricoes-abertas/-/asset_publisher/kQxYTMokF1Jk/content/ministerio-da-cultura-lanca-edital-de-apoio-a-producao-audiovisual-afro-brasileira/10883?redirect=http%3A%2F%2Fwww.cultura.gov.br%2Finscricoes-abertas%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_kQxYTMokF1Jk%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-1%26p_p_col_count%3D4http://www.cultura.gov.br/documents/10883/1171222/Edital_Curta_Afirmativo_2014_publicar-1711.pdf/dd448747-de99-4821-9b7b-5a74860652db

.

30/01/2015Programa Petrobrás Distribuidora de Cultura 2015/2016Petrobrás/MinCNacionalO objetivo desta Seleção Pública é contemplar projetos de circulação de peças teatrais profissionais, não inéditas, relevantes dentro do cenário cultural brasileiro, que tenham obtido notório resultado de público. A intenção é levar esses projetos a novas cidades nas quais não tenham se apresentado, buscando atingir, com diferentes projetos, o maior número possível de Unidades Federativas. Para estimular a inscrição por região, o Programa manterá a ação
iniciada em sua última edição - implementação de cotas. Esta tem como
objetivo democratizar o acesso de proponentes de todas as regiões do
Brasil, através da seleção de, no mínimo, 5% dos projetos inscritos
por diferentes pessoas jurídicas sediadas em cada região do país, ou
seja, a cada vinte projetos inscritos por diferentes empresas de
determinada região, no mínimo 1 (um) deverá ser contemplado. O resultado
dessa iniciativa, na edição anterior, foi bastante positivo, com
destaque para região Nordeste que teve um incremento de 70% no número de
projetos.
http://www.br.com.br/wps/portal/portalconteudo/meioambienteesociedade/cultura/!ut/p/c5/04_SB8K8xLLM9MSSzPy8xBz9CP0os3hLf0N_P293QwP3YE9nAyNTD5egIEcnQwtvc6B8pFm8kb-nqYGLkaevQWiwhYGni7NbgKu7q4eJlwExuuHy_v6erkB5A1dXD2NzoHJjArr9PPJzU_ULckMjyh0VFQGhptRp/dl3/d3/L2dBISEvZ0FBIS9nQSEh/?PC_7_9O1ONKG10OG0802L46SG302006000000_WCM_CONTEXT=%2Fwps%2Fwcm%2Fconnect%2FPortal+de+Conteudo%2FCultura%2FPrograma+Petrobras+Distribuidora+de+Cultura%2Fhttp://www.br.com.br/wps/wcm/connect/88c1850046028c0e8abb9f4a61ce9d75/ppdc-2015-2016-regulamento.pdf?MOD=AJPERES

.

02/03/2015Edital Capoeira Viva 2015Fundação Gregório de MatosNacionalA Fundação Gregório de Mattos, através deste Edital, objetiva promover concurso para a premiação de propostas e ações voltadas para a valorização, promoção e fortalecimento da capoeira como um bem constituinte do patrimônio cultural brasileiro, em consonância com as diretrizes de políticas culturais do município, Ministério da Cultura e com a Convenção para a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, conhecida por Convenção da Diversidade, aprovada pela Conferência Geral da UNESCO e ratificada pelo governo brasileiro. Constitui objeto do presente Edital o incentivo a propostas e ações, por meio de premiação a pessoas físicas, instituições sem fins lucrativos e pessoas jurídicas inscritas como MEI – (Micro Empreendedor Individual) legalmente constituídos, cujo foco seja a promoção da capoeira como um bem constituinte do patrimônio e da diversidade cultural brasileira. http://www.capoeiraviva.salvador.ba.gov.br/index.php/noticias/38-inscreva-se-no-edital-capoeira-vivahttp://www.capoeiraviva.salvador.ba.gov.br/images/PDF/Edital_CapoeiraViva_2015.pdf

.

27/03/2015Prêmio BNDES de Boas Práticas em Economia SolidáriaBNDES / FBES / SENAESNacional Reconhecer publicamente os esforços e ampliar a visibilidade de empreendimentos
econômicos solidários que desenvolvem os princípios da autogestão, solidariedade e
cooperação;
Incentivar e fortalecer a mobilização de atores sociais a partir de experiências e ações de
referência para a sociedade no âmbito da economia solidária; e
Aprofundar o conhecimento sobre a realidade da economia solidária no país, melhorando o
diálogo, a construção e a implementação de políticas públicas de apoio e investimento aos
empreendimentos econômicos solidários.
http://www.bndes.gov.br/premioeconomiasolidariahttp://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/empresa/download/Premio_Economia_Solidaria/Premio_Economia_Solidaria_Edital.pdfRede Fora do Eixo e Coletivos com práticas de ECOSOL

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

[1]

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

[1] quem pode servir para estruturação de Casas FDE, pensando na ação do Hospeda. E para copa fazer um projeto de Vivências. Uma forma de estruturação do espaço, divulgação e posteriormente de captação de recursos